Gozem #2

maio 10, 2011

No maravilhoso site FOOT Broadcast, algumas almas caridosas postam vídeos que só seriam vistos por nós depois de desembolsarmos alguns dólares ou euros a mais. Então, vamos aproveitar enquanto dura, leitores! Duas indicações de links:

- Para gozarmos com a humilhação que esse Mestre faz o escravo sofrer:

http://footbroadcast.com/video/2M815DURSAYN/Foot-Slave-1

http://footbroadcast.com/video/XH299RN9R62O/Foot-Slave-2

- Para gozarmos com a eficiência da língua deste escravo. Sim, este vai para a série “escravos-modelo“, que sabem bem como realmente tratar os pés chulezentos de um macho. Aprendamos!

http://footbroadcast.com/video/M55GRNXSBK21/Gay-Male-Foot-Worship

http://footbroadcast.com/video/679R1DX63Y8R/Gay-Male-Foot-Worship-2

http://footbroadcast.com/video/R9MAYYMA55SD/Gay-Male-Foot-Worship-3

O professor

abril 13, 2011

Sinopse: O que acontece quando três lindos jovens estudantes héteros descobrem que o coroa que lhes dá aula é na realidade um gay que adora humilhação e pés masculinos chulezentos?

Cenas: 


Link: Baixe aqui!

É necessário o WinRar para descompactar o arquivo e o Windows Media Player para assistir.

Tributo periódico a Brad

fevereiro 17, 2011

Só para não esquecermos como ele e seu chulé são superiores…

Como eu queria ser esse escravo sortudo para aproveitar as solas, o chulé e o suor entre os dedos de Brad =(

Por que?

fevereiro 17, 2011

Eles sujam os pés e voltam a calçar as meias e os tênis. Nem se importam que nós vamos limpá-los depois. Nem ligam pra isso. Nós, escravos, é que temos que pensar nessas coisas. E nós, é claro, adoramos. Adoramos o desleixo deles, nos apaixonamos mais e baixamos a cabeça, submissos de tesão.

Eles andam descalços por aí, pouco se importam. Seus pés ficam sujos e doloridos. E claro que nossa língua está aqui, macia e úmida, para relaxá-los e limpá-los. Eles mal prestam atenção.

Eles passam o dia todo com um calçado sem meia. Ao fim do dia de trabalho, os pés estão quase empapados de suor. E nossa língua entra em ação novamente. Temos que relaxá-los. Nosso nariz entra em contato com essa flagrância – essa que, basta senti-la ao longe, nossos pênis endurecem como madeira – CHULÉ, nós entramos em êxtase. Cheiramos e limpamos tudo (o toejam entre os dedos fedidos, obviamente). Humilhados e com tesão, somos olhados por eles, que estão em cima, como vermes.

De novo o mestre de Chong

fevereiro 17, 2011

Leitores, vocês lembram quando, aqui, eu postei um vídeo mostrando como o dedicado escravo Chong foi ao paraíso ao tratar como se deve os pés de um hétero superior? Então, o mesmo mestre ao qual Chong se humilhou está de volta. Alguém postou no youtube (infelizmente com uma música estridente por cima, tirando o som original das filmagens) vídeos dele sendo adorado. O que muda é que ele não está mais na ginástica, como no episódio com Chang, mas no trabalho, de terno. No entanto, os pés dele continuam lá, chulezentos e cansados, pedindo (ou melhor ordenando!)  a língua e os cuidados de um ser inferior. O sortudo dessa vez foi seu companheiro de trabalho, que foi descoberto surpreendentemente gay e podólatra. Seu bigode sem dúvida o permitiu deixar os pés do mestre mais relaxados ainda (vejam a cara dele de quem está relaxando!).

Como esse lindo Mestre é querido por aqui, achei que tinha a obrigação de postar. Que bom que os escravos que já estiveram diante da preciosidade que são seus pés, não decepcionaram: souberam cuidar bem daquelas solas e dedos chulezentos. Aproveitem antes que os vídeos sejam tirados do ar!

Sim, leitores, eu amo o Bad Master Boys!

1 - Mestre Aron (sem camisa), força com a perna seu escravo e amo a cheirar as meias chulezentas do seu primo mais novo Artem.

2 - O escravo limpa entre os dedos chulezentos do Artem

3 - Aron acha que não é o bastante e obriga o escravo a continuar lambendo e limpando.

4 - Completamente humilhado, o escravo, como um cachorro, lambe todo o pé fedido do Artem: do calcanhar até os dedos. Mestre Aron, relaxado, observa suas ordens serem cumpridas.

5 - A grande honra do escravo: limpar com a língua o sovaco suado do Mestre Aron. Que sortudo!

6 - O escravo vai ao paraíso: lambe o chulé incomparável do Mestre Aron, que bebe cerveja relaxado e autoritário.

7 - Um presentinho final do bondoso Mestre Aron: as meias que ele usou por vários dias para trabalhar na sua boca do escravo inferior e indefeso!!!

Os pés do Ben

fevereiro 14, 2011

Sinopese: Ben sempre achou estranho o modo como Chris, que é claramente gay, se interessa pelos seus pés. Quando Chris convida Ben para jogar futebol em seu próprio quintal, começa a filmá-lo e pede para que ele tire as chuteiras e as meias e continue a jogar descalço, Ben perde a paciência: ao entrarem na cozinha para um descanço, ordena que Chris limpe os seus pés… com a lingua. Ben se diverte: “no fucking questions, just do it”. E Chris, fingindo indignação, realiza seu grande sonho de ser escravizado por Ben, que fica, superior, vendo tudo com cara de nojo.

Cenas:

Download: clique aqui!

É necessário o Windows Media Player para assistir e o WinRar para abrir o arquivo.

Escravizado!

janeiro 4, 2011

Sinopse: imagine que três colegas hétero da faculdade descorbem não só que você é gay como que você é podólatra e, só de sacanagem, penduram um sininho de vaca e uma corrente no seu pescoço, fazem você de escravo e obrigam-te a cheirar e lamber suas meias e lindos pés chulezentos. Imaginou? Agora veja.

Cena:

Link: clique aqui!

(É preciso ter o o Real Player para assistir)

Pedreiro

setembro 14, 2010

Sinopse: Cristian , podólatra gay, está se mudando. Mas durante o carregamento das coisas do velho apartamento, ele oferece ao pedreiro, que o está ajudando na reforma do novo, dinheiro para aproveitar o forte chulé dele enquanto ele – espantado por encontrar alguém que goste de pés! – se masturba. Leitores, acreditem: nunca vi tanto amor por um pé chulezento de macho como o de Cristian. Escravos, aprendam com ele!

Cena:

Downlaod: Clique aqui!

É preciso ter o Real Player

Finalmente

setembro 14, 2010

Sim, leitores, O FXU é um ótimo site, todos nós concordamos. Que outro site nos deu um mestre como o Brad de presente? Porém, convenhamos: às vezes ele pisa na bola. Tem vídeos com modelos ótimos (bonitos de pés lindos), mas não sabemos, nesses vídeos, quem é o mestre e quem é o escravo… um fica lambendo (sem vontade!) o pé do outro. Milhões de caras que eu conheço não apenas fariam de graça, mas PAGARIAM para idolatrar o chulé de um Brad… mas o FXU pagava modelos não podólatras (o escravo dos vídeos de Brad muitas vezes não mostra nenhuma vontade frente às duas maravilhas que se impõem à frente dele)… Bom, mas até que enfim, eles FINALMENTE ACERTARAM!

Certo, eles já vinham mostrando alguns sinais de acerto como o vídeo Texas Feet ou essas três maravilhas:Latino Feet, Miami Feet e Foot Breaker.

Pois então: podemos ver aí nesses vídeos – e no novíssimo Dom Foot, q tem um trailer maior que o normal e permite gozadas melhores (eu mesmo já gozei incontáveis vezes só com essa janelinha pequena) – mestres lindos com pés lindos sendo completamente autoritários, dominadores e sem piedade com seus capachos (mestres da internet, aprendam!). E escravos que sabem lamber! Voilá.

Sem dúvida a melhora da qualidade vem, em parte, do novo método de seleção de modelos para os vídeos. Estes, por falar nisso, continuam muito caros – nem tudo é perfeito.

Será que eles vão continuar acertando ao ponto de trazer Brad de volta para um vídeo da mesma qualidade? Se isso acontecesse, eu moraria de baixo da ponte, mas compraria com prazer e nunca mais deixaria de gozar na vida.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.